Ano Internacional da Agricultura Familiar

Na 66.ª sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas, 2014 foi formalmente declarado o “Ano Internacional da Agricultura familiar” (AIAF), propondo a sensibilização dos governos e das sociedades sobre a importância e a contribuição da agricultura familiar na segurança alimentar e na produção de alimentos.
Portugal, onde a agricultura familiar tem uma importância relevante do ponto de vista económico e social, associa-se, por iniciativa do Ministério da Agricultura e do Mar (MAM), à comemoração do Ano Internacional da Agricultura Familiar, tendo para o efeito constituído uma Comissão de Honra e uma Comissão Executiva, para promover e acompanhar iniciativas que a sociedade civil e as entidades oficiais venham a desenvolver.

A Associação Portuguesa de Economia Agrária (APDEA) integra a Comissão Executiva para a promoção e divulgação do AIAF.

A APDEA, em parceria com a Direção Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural (DGADR), as Direções Regionais de Agricultura e Pescas DRAPs), a Sociedade Portuguesa de Estudos Rurais (SPER), a Federação Minha Terra e a Animar, vai realizar um ciclo de seminários regionais, no âmbito do AIAF, sob o tema geral “Agricultura Familiar e sustentabilidade dos territórios rurais”.

Nestes seminários há o imprescindível envolvimento de associações de agricultores, cooperativas e de outras instituições do setor agrícola e do desenvolvimento local, na sua organização e com uma participação muito ativa.

Nas Regiões Autónomas serão realizados três seminários, organizados pelas DRA e com o apoio APDEA.

Os seminários regionais têm a seguinte calendarização:

You may also like...